O DPVAT acabou? Entenda a posição de Bolsonaro sobre o seguro a partir de 2020

Após o pronunciamento oficial do Presidente Bolsonaro e novembro, o Governo tomou a decisão que o DPVAT acabou. Assim, encerrando em todo o Brasil as operações realizadas pela Segurada Líder. Dessa forma, muitas pessoas estão preocupadas com o futuro do trânsito brasileiro, já que como o DPVAT acabou, é normal pensar que quem sofrer acidentes ficará sem receber indenizações.

DPVAT acabou

DPVAT acabou

Para entender melhor sofre o fim do DPVAT 2020, continue nos acompanhando e saiba mais informações!

Seguro DPVAT 2020

Em resumo, se você não sabe ainda o que é o DPVAT 2020, ele nada mais é do que uma indenização paga as pessoas que sofrerem acidentes de trânsito em todo o Brasil.

Em todos os anos, os proprietários de veículos automotores como motos e carros, devem obrigatoriamente pagar ao Governo Federal uma taxa de seguro veicular e vida. Esse seguro, é o DPVAT.

Através do pagamento anual do valor seguro DPVAT 2020, assim como o IPVA 2020, as pessoas recebem uma indenização caso sofram acidentes de trânsito.

Porém, como o DPVAT acabou, muitas pessoas estão confusas sobre o futuro das indenizações de trânsito. Por isso, houveram muitos protestos contra essa decisão de Bolsonaro.  

DPVAT acabou

Porém, o DPVAT não acabou ainda, ainda existe um contrato em que o Governo deve cumprir. Desse modo, o DPVAT fica em atividade até o dia 31 de dezembro de 2025. Dessa forma, até esta data, todos os acidentes serão ainda cobertos pela Seguradora Líder, da qual é a responsável pelo seguro.


O que acontecerá, se o DPVAT acabou?

De acordo com o propor Presidente, a Seguradora Líder continuará em operação até o fim de 2025. Desse modo, não é preciso e preocupar com as indenizações até lá.

Porém, após essa data, todos os acidentes de trânsito não terão mais cobertura da seguradora. Mas para que não haja um furo de benefício, o Presidente afirmou que outros programas devem cobrir este auxílio já que o DPVAT acabou.

Bolsonaro afirmou que após 2025, programas do Governo como o SUS, o auxílio-doença, o auxílio-acidente, a aposentadoria por invalidez e a pensão por morte devem cobrir a ausência deste imposto que é o DPVAT. Veja a declaração completa no site G1:

Para os segurados do INSS, também há a cobertura do auxílio-doença, aposentadoria por invalidez, auxílio-acidente e de pensão por morte. E mesmo para aqueles que não são segurados do INSS, o Governo Federal também já oferece o Benefício de Prestação Continuada – BPC, que garante o pagamento de um salário mínimo mensal para pessoas que não possuam meios de prover sua subsistência ou de tê-la provida por sua família, nos termos da legislação respectiva

Com isso, Bolsonaro também cortará a partir de 2020 o pagamento do Seguro DPVAT dos impostos anuais. Ou seja, por um lado, o contribuinte terá que pagar menos um imposto anual para o seu veículo. Assim, apenas sobrará o IPVA 2020 e o Licenciamento 2020.

Fora que o DPVAT acabou, outro imposto de seguros veiculares também teve o seu fim. Este segundo imposto de seguros, foi o DPEM, do qual serve com o mesmo proposito do DPVAT 2020, porém, apenas para veículos hídricos.


O DPVAT acabou? Entenda a posição de Bolsonaro sobre o seguro a partir de 2020

De acordo com Bolsonaro, o fim do Seguro DPVAT era necessário, pois este mesmo benefício pode ser feito pelo Governo Federal sem que o contribuinte tenha de pagar por isso em mais impostos anualmente.

Como dito, programas do Governo como o SUS e o INSS podem cobrir todas as indenizações. Desse modo, já que o DPVAT acabou, o cidadão deverá pagar menos impostos a partir de 2020, mas, ainda continuará a ter os mesmos benefícios, assim, sendo mais vantajoso para o contribuinte.

✓   Veja o que fazer com o seu DPVAT vencido 2020

De acordo com a Seguradora Líder, somente no primeiro semestre de 2019, a empresa já cumpriu mais de 150 mil benefícios.

Confira abaixo os números atualizados:

  • 841 indenizações por morte;
  • 123 indenizações para despesas médicas;
  • 068 indenizações por invalidez permanente.

Porém, em declaração do Governo, já que o DPVAT acabou, o país poderá economizar bilhões de reais. Isso ocorre, pois o Governo paga anualmente em média R$ 8,9 bilhões para a Seguradora Líder.

Mas, com os cálculos do Ministério da Fazenda, para cobrir os pagamentos dos dados acima, seriam precisos apenas R$ 4,2 Bilhões. Desse modo, como o DPVAT acabou, o Governo poderá economizar aproximadamente R$ 4 bilhões anualmente. Afinal, não será preciso pagar para uma empresa terceirizada para fazer algo que a própria União poderá realizar.

Avalie este artigo

Avaliação média: 5
Total de Votos: 7

O DPVAT acabou? Entenda a posição de Bolsonaro sobre o seguro a partir de 2020